Clariçoca!

 Pregnancy Ticker

28 agosto 2012

Confessionário


Que a maternidade é um eterno clichê, isso é fato. O problema é quando o clichê não é verdadeiro pra vc. A sensação de que vc está fazendo algo errado ou de que há algo errado com você é sufocante.

E eu acho que nada melhor do que falar dos fantasmas pra se livrar deles. Então vamos lá:

- Vc vai reconhecer todos os choros do seu filho, é instintivo: No comecinho, MENTIRA. Eu não reconhecia NENHUM choro da Clarice. Foi a partir dos 2 meses que eu comecei a saber mais ou menos o que ela tava querendo dizer, mas só pq a gente tentou seguir o lance do dorme-mama-brinca. Quando a gente foge um pouco disso, ainda fica um pouco dificil entender o que se passa naquela cabeça gordinha;

- Todos os seus nojos desaparecem: Eu nunca fui muito nojenta, mas tenho que concordar que um bebê te faz virar uma ogra. Eu roo as unhas da Clarice (tenho medo de corta-la com o cortador de unhas), eu tiro caca do nariz dela com a mao quando dá e eu analiso coco. Prazer, Fiona.

- Vc vai achar que o seu nenê é o mais lindo do mundo: Prevejo polêmica, mas vamos lá. Clariçoca é gordinha, fofinha, bochechuda. Mas ela não é o bebê mais lindo que eu já vi na vida. Não que isso queira dizer ou que mude alguma coisa. É só o que eu acho.

- Vc vai amar seu bebê no INSTANTE que ele sair da sua barriga: Pelo menos pra mim, não foi assim. Foi um processo. Nas duas primeiras semanas, eu estava tão zuada por causa do baby blues e do cansaço e da dor que eu não me lembro de ter sido arrebatada pelo tal amor materno. Clarice era um bebê querido que eu sabia que tinha que cuidar, mas não era prazeroso. E vamos combinar que o primeiro mês é BEM chatinho: choro, fraldas, noites mal dormidas e nem um sorrisinho voluntário pra te dar ânimo. Sucks. Mas a partir do segundo mês a coisa mudou de figura e minha filha é a maior alegria da minha vida.

- Cheiro de filho é a melhor coisa do mundo: FATO. Gente, eu poderia morrer cheirando minha bebê. Eu li hj no blog da Than que ela falava do bafinho da Anna, e gente, midentifico. Todo dia de manhã eu cheiro a boquinha da Clarice. Cadê a Chanel pra fazer perfume personalizado de cheiro de "nosso-bebê" pra guardar pra sempre?

- Seu casamento vai mudar: FATO#2. A questão aqui é se é melhor ou pra pior. Meu casamento sempre foi muito bom e meu marido é incrível, mas o foco muda. Porra, sua vida muda COMPLETAMENTE. É um 180º brusco e só o fato de vc saber que nunca mais vai poder ser o que era antes, dá uma certa agonia. Mas é questão de tempo até todo mundo se encaixar e se re-conhecer. No meu caso, meu casamento não mudou nem pra melhor nem pra pior, só está diferente.

- Vc vai se apaixonar ainda mais pelo seu marido: Aí eu acho que depende do marido. Eu me apaixonei mais pelo meu sim (se é que isso é possível, haha), mas pq ele tem sido sensacional.

- Vc vai ver que vc daria seu cachorro/gato por causa do trabalho: Comigo não é assim. Bom, no nosso caso, Coppola é treinado por mim desde pequeno e por isso, é um cachorro bastante comportado. Isso quer dizer que ele não late ou dá trabalho? Não. Ele late que nem um condenado quando o carteiro passa, mas estou treinando pra que ele não faça mais isso. Eu não vou abrir mão dele porque ele dá mais trabalho ou acorda a Clarice de vez em quando. Acho que o único caso que eu abriria mão dele é se ele tivesse sido treinado e mesmo assim tivesse um temperamento agressivo, mas não antes de acabar com todas as possibilidades. Ele é parte da família e é tratado como tal, mesma coisa com a Picles. Ela enche o saco por causa de comida, mia, acorda a Clarice, pisa onde não deve e o pior, não pode ser treinada. Mas eu não abro mão dela pelos inconvenientes.

- Você vai morrer de ciúmes quando pegarem seu bebê: Eu não sou uma pessoa possessiva. PONTO. Não tenho problema nenhum em deixar amigos pegarem a Clarice no colo. É carinho que ela recebe e carinho sempre é bom.

- Vc vai descobrir o que é amor incondicional: Essa eu demorei pra entender. Eu só entendi no dia que caiu a ficha que sim, eu daria a minha vida por aquela pessoinha que baba, chora, faz cocô e mama. Eu não preciso que ela faça mais nada nem seja mais nada. E eu daria minha vida por ela.

- Vc vai entender sua mãe: Digamos que o meu caso é um caso a parte. Na verdade, eu cada dia entendo MENOS a minha mãe.

- Visitas na maternidade: Gente, eu preciso entender quem foi a BESTA que inventou que visita em maternidade era sinal de cortesia. Vc está com dor, peito pra fora, bunda de fora, sangrando, soltando vários puns e vem aquela renca de gente causar na balada. Aqui eu só deixei a madrinha da Clarice ir visitá-la e uma amiga muito próxima. O resto do pessoal foi em casa ou deixou pra conhecê-la num churrasco que teve quando ela tinha 2 semanas.

- Amamentar é divino: Todo mundo já sabe minha opinião. Agora até que eu estou curtindo, mas não se sinta mal se não for assim desde o primeiro dia.

- A gravidez te prepara pro nascimento: MENTIRA DESLAVADA. Na minha opinião, NADA te prepara pro nascimento de um bebê. N-A-D-A.

- A culpa vai te acompanhar pro resto da vida: Verdade. Me culpo por não estar com ela o dia inteiro, me culpo por não estar comendo melhor, me culpo por não tirar tantas fotos como gostaria, me culpo, me culpo... É só que eu tendo não deixar essa culpa me corroer. Faço o que dá e vamos seguindo.

Acho que é isso. 50kg tirados das costas :)

Peixos em vcs!

14 comentários:

MARIA FERNANDA disse...

Adorei seu post e morri de rir, mas me identifiquei muito com algumas coisas que vc falou...
Vamos lá:
Choro: eu até hj vou por eliminação...ás vezes acerto outras não...
Ogra: eu Tb analiso o cocô e já cheguei ao absurdo de abrir uma fralda do lixo que meu marido tinha trocado pra fazer uma avaliação do negócio...kkkkkk
Beleza: meu marido dizia que todo neném tem cara de joelho, até que ele viu o Igor pela primeira vez... eu acho ele lindo... até acho outros bebês bonitos mas meu filho é lindo!
Amar: eu concordo que o amor vai se construindo com o passar das semanas...mas quando vc bate o olho naquele serzinho pinta um sentimento diferente e inexplicável...
Cheiro: é, o cheiro do meu filho é único...uma delicia....
Casamento: aqui tudo mudou... não o casamento em si mas não sei mais o que é sexo nesse lar... sério! Nos primeiros dias é a falta de vontade, depois vem o cansaço, ai vem o bebe que acorda no meio do fato..e por ai a fora....kkkkk
Animais: nunca que eu iria dar minha cachorra...é o mesmo que eu dar meu filho....ela é da família com todos seus defeitos e crises...
Ciúmes: sim eu tenho...não gosto de muito pega pega com meu bebê e analiso a pessoa que pega, o jeito que pega, o que fala pro meu filho... ah, coisas de mãe doida mesmo...kkkk
Amor incondicional: sabe quando descobri isso? Quando tive alta e o meu filho não... eu com cesárea, inchada e todo mundo dizendo: vai pra casa e volta nas visitas.... e eu disse: NUNCA! Só sai do hospital com meu filho comigo... foram 5 dias acampada no carro em frente ao hospital, tomando banho escondida na sala do pré parto e usando a mesma roupa....
Entender a mãe: olha, eu agora entendo muito minha mãe e desentendo minhas amigas... sim por que muitas delas me ofereciam os filhos pra passear e passar o fim de semana na minha casa....
Visitas: eu recebi conselhos de não receber muitas visitas no hospital mas ai eu achei que quem me disse isso era totalmente anti social... quando cheguei do centro cirúrgico e entrei no quarto entendi isso muito bem. E as visitas em casa nos primeiros dias? Deus me livre de tanto palpite... acho que esses autores que escrevem livros para grávidas poderiam escrever um manual de como se comportar ao visitar um recém parida...ia funcionar muito bem...
Amamentação: não senti dor mas os bebês não nascem sabendo mamar e agente não sabe amamentar.... foi meio difícil mas eu nunca pensei em desistir, mas entendo quem desiste...
Gravidez te prepara: NÃO! Agente passa os 9 meses preocupada só com a gravidez, com sintomas, com o quarto, com o enxoval e no terceiro tri: com o parto... ai quando pega o bebe no colo e vem pra casa pensa: e agora, José? Ferrou!kkkk
Culpa: olha, eu ainda não parei pra pensar nisso...acho que quando o Igor for pra escolinha e eu voltar ao trabalho, ai vão vir as culpas e tudo mais.....

Bina USA disse...

Passei por aqui e oh:
BinaUSA eh praticamente co-autora do texto!hihi

Falou e disse tudo amiga!
Bjs

Juliani disse...

Hahaha é bem assim mesmo!
A primeira coisa que pensei quando vi meu filho foi: Que bebe mais feio! Hauahua....
O nosso amor também foi contruido com o tempo.
Analiso coco como ninguem!
Beijos

Máh disse...

Menina! Concordo com o que vc disse... Seu desabafo também é meu rsrsrsrs
Mas eu senti ciúmes sim do Caio; quando vinha minha linda sogra com ele no colo, juro que quis disfarçar que era depressão e dá-lhe uns bofetes... Meu filho que EU carreguei e ela lá se achando a avó presente (nunca deu uma ligação para saber se eu estava bem durante a gestação) velha!!!
E minha mãe?? Não entendia, não entendo e nunca vou entender! Acho que na verdade ela nunca quis ser mãe isso sim!
Casamento está balançando ainda!
BB lindo eu acho o meu lindão!!
Mas acho que é assim mesmo alguns assumem outros não...
Bj

Rose disse...

Val.... ao ler seu post posso falar...eu ri.....

Bem bancana vc ter narrado como se sentiu nos primeiros dias da chegada da Clarice...rs

É bem legal tbm para q algumas maes...não se sinta culpadas....ou " menos mãe" por sentir essas coisas né?!

Adorei o post.


Bezu em vc e na pequena!

Luiza Navarro disse...

kkkkk
tbm vou ponto por ponto:

- reconhecer o choro: menina, achoq rafa tinha uns 8 meses quando comecei a reconhecer os choros..alias, achoq nao reconhecia nada! so seguia a logica, se mudei fralda, e ta chorando, e fome,e se nao dormiu e sono...coisas assim.

- os nojos desaparecem: bem, nunca tive nojo de nada, nem do umbigo q mta gente acha nojento, pra mim e o mesmoq tocar no meu nariz. sinceramente. Mas o cocô, ate hj me provoca ansia de vomito...aff cheiro horrivel.


- o bb mais lindo do mundo: naoo!! Rafa nasceu identica ao MEU SOGRO!!! pode isso??? pode e claro...pode ate ter nascido parecida com minhas irmas ao invez de mim, mas nasceu a cara do veio pai do Cris, imagina ...feinha tadinha! mas hj ela e a mais linda do mundo, mesmoq eu no fundo saiba q ela e feinha ainda de vex em quando...e as fotos eu tiro 500 e seleciono 20...podes crer, te entendo amiga,kkk.

- amar o bb no instante: bom,ai posso te dizer q amava demais antes de nascer, depois entao, foi inexplicavel!

- Cheiro de filho: amoooooooooo.

- Casamento: o negocio è o seguinte, uma vez a Tassia, mamae do Luca, disse, q se um casamento vai bem , com a chegada do filho, tudo fica melhor, e se vai mal, pode piorar, e è bem isso msm. O meu piorou. Mas...tudo se soluciona um dia...

- me apaixonar mais pelo marido: continuei sentindo a msm coisa, mas me irritando mto mais com detalhes... mas me apaixonava quando ele estava com ela no colo dizendo coisas lindas, babando na cria.

- Cachorro: a minha nunca foi de dormir dentro, mas dexei a minha dog completamente de lado, me arrependo mto disso.

- Ciumes: nao tenho, mas nao gosto q certas pessoas segurem ela, como meu pai por exemplo, com quem nao tenho boa relaçao, tu sabe miga.

- Entender mais a minha mae: sinceramente, vejo q nao quero ser como ela em mta coisa! muita mesmo.

- visitas na maternidade. ODEIO!!! no proximo filho, vou deixar recado no face pra ninguem aparecer por la, senao corro todo mundo com uma vassoura! rsrs

- amamentar: podem me julgar, nunca gostei, e ate agora nao gosto, mas me sinto mto bem sabendo q minha filha è alimentada e se acalma quando esta grudadinha em mim.

- NADA NOS PREPARA NEM PRO NASCIMENTO, NEM PRA CRIAÇAO DELES, SO VIVENDO. E A CULPA VOLTA E MEIA RONDA SIM, ISSO ACHO Q SEMPRE VAI EXISTIR, POIS A GENTE PARECE Q QUER SER PERFEITO, E NAO SOMOS.

BJUS AMIGA!!

Lu disse...

Nossa, concordo com tudo!!! Só pra tocar uns pontos... O meu maior desespero no começo era não saber pq ele chorava. Hoje em dia é tudo muito mais fácil, além de eu o conhecer melhor, saber das manias, do q ele gosta e do q não, ele já fala, aponta, se faz entender.

O cheiro dele... bom, eu já decidi q meu filho vai usar colonia johnson (a verde durante o dia e a lilás à noite) pelo resto dos dias dele. Não vou nem perguntar se ele concorda. Eu aaaamoooo o cheirinho dele, às vezes cou trocar a roupa de cama dele e fico cheirando o travesseiro (a loca).

Eu achava o Uri lindo qdo nasceu, mas hj eu vejo as fotos e vejo q não era tanto assim não!

sobre entender minha mãe... eu entendo sim, concordo com muitas coisas, mas sei q estou buscando ser uma versão melhorada dela.

Visitas na maternidade eu proibi com o Uri e mesmo assim apareceram 3 pessoas. 2 amigas e a sogra. a sigra eu toquei de lá (longa historia), as amigas ficaram 10 minutos e se mandaram, sem nem pedir pra pegar no colo e nem aceitar qdo eu ofereci. Essas podem ir de novo no proximo filho, hehe.

Os bichos, well, eu tenho gatos, q não incomodam NADA (tirando os pêlos espalhados por ai), mas sinceramente perderam um pouco de espaço qdo o Uri era bebezico. Agora as coisas estão mais normais.

Me apaixonar mais pelo marido - well, tem hora q sim, tem hora q não.. hehehe

Beijos, Val! E mordidas (muitas) nas coxas de Clariçoca!

jo nascimento disse...

Concordo e assino embaixo. Acho que colocam pressão d+ sobre ser mãe principalmente nas de primeira viagem. Quando tava gravida da Duda ouvi muuuuuuita coisa, dessa vez tá sendo bem mais tranquilo ...
beijinhos

Thania disse...

Vaaaaaaaaal amei!
Posso copiar pro meu blog e fazer as minhas repostas???

Adoreeeei!

Desvendando mitos maternos! rs

Bjooos

Rebeca disse...

Eu adorei os posts das duas, e vou inclusive copiar o comentário.
Eu comecei a reconhecer s choros com... sei lá... 3 meses?... (fuém fuém fuém pra mim hahaha). Tb ainda morro de nojo de barata. E tb de secreções alheias, só do Rafa que não!
Eu não acho meu filho o mais lindo do mundo, mas está entre os primeiros colocados rsrsrs
Esse negócio de amar ao primeiro instante tb não rolou aqui não. Levou tempo, exatamente como um relacionamento. Cheiro de neném é a melhor coisa do mundo. Sinto saudade do pé do Rafa antes do chulezinho atual...
Adorei o post!

Beijos

Ester disse...

Oi!
Cheguei aqui agora e já to seguindo..rsrs
Adorei esse post seu.. e vi outras mamis que fizeram tbm.. e vim seguindo até chegar aqui no original...hahahah
Achei muito legal, e vou fazer tbm.. hehehe.. posso??

Máh disse...

Aê... Se ligou que seu post deu origem a uma "corrente"?? Fiz um, mas dei os créditos tá?! Bj

LarissaBraz . disse...

Aíi Val,eu tbm voou fzr um desde q crieii meu blog só fiz um relato dee partoo meiio doido,depois qnd pudeer vc vêe o meu táa?
Bjokas!

LarissaBraz . disse...

http://larissaehyago.blogspot.com.br/