Clariçoca!

 Pregnancy Ticker

07 agosto 2012

Assunto sério: Crianças e carros

Oi amoras
Daí que hoje eu tava lendo uma matéria sobre incidentes envolvendo crianças e carros. E eu chorei só de pensar na remota possibilidade.

Austrália, 2007. Ava, de 3 anos, diz que vai à casa do avô para tomar café da manhã. As duas casas, dela e do avô, são no mesmo terreno e por isso ela vai e volta da casa do avô várias vezes ao dia. Neste dia, Ava ficou com o avô por mais ou menos 20 minutos e decidiu voltar pra casa. No meio do caminho, se lembrou que no carro de seus pais, estacionado entre as duas casas, havia um pirulito deixado no dia anterior. E quis buscá-lo. O carro estava aberto. Ela entrou. Fechou a porta atrás de si. Trinta minutos depois, seu pai, após perceber que ela não estava nem em casa nem na casa do avô a encontra já sem vida no banco da frente do carro. Estimam que ela ficou no carro por no máximo 20 minutos, o suficiente para hipertermia.
*******************************************
EUA, 2011. Um pai vai ao trabalho com seu filho Mikey de 1 ano e meio no banco de trás. No caminho, ele recebe ligações do trabalho, está estressado e esquece que deveria deixar o filho na creche. O alarme do carro disparou 2 vezes durante aquela manhã mas, como olhando pela janela não havia ninguém próximo ao carro, ele apenas apertou o botão do alarme e seguiu com seu dia. Até que as 3 da tarde a sua esposa liga, perguntando porque a creche havia ligado dizendo que o menino não havia comparecido. Mikey ficou preso no carro, num calor de 30º durante 7 horas. Os detalhes de como o menino foi encontrado me fizeram chorar.
**********************************************
EUA, praticamente todos os dias - Aqui a gente ouve falar de casos de pessoas que vão ao supermercado e deixam suas crianças dentro dos carros "só por um minutinho". No verão, não é necessário mais do que 5 minutos pra que um bebê morra sufocado. Mesmo com temperaturas amenas, há outros riscos: A criança pode ligar o carro e andar com ele, pode prender a cabeça ou algum membro na janela, alguém pode sequestrar sua criança.

E eu me lembro que quando eu era pequena, se eu quisesse, eu poderia entrar no carro a hora que eu quisesse pois em casa ele ficava destrancado. Lembro que quando íamos em algum lugar e estávamos estacionados, meu pai me deixava brincar com o volante enquanto ele resolvia alguma coisa. E ninguém via nenhum risco nisso. E depois de ler essa matéria, nossos carros não vão ficar destrancados NUNCA MAIS. Quem deixa o filho no carro por ignorância, ou deixa o carro disponível por acidente ou esquece o filho no carro (a matéria explica em detalhes o que aconteceu naquela manhã para que o pai esquecesse o filho e dá pra entender...) vai viver com o eterno "e se". Eu sigo o blog da mãe da Ava há algum tempo (ela é uma fotógrafa incrível) e eu não consigo nem *imaginar* o que ela passa.

E com esse post, eu tou atendendo a um pedido dela: avisar ao máximo de pessoas dos perigos de um carro disponível para crianças. Não deixem os carros destrancados, ensinem as crianças maiorzinhas como abrir a porta do carro por dentro em caso de emergência... É só mais um item na lista de coisas a nos preocuparmos.

Peixos!

4 comentários:

Rebeca disse...

Super pertinente esse post.
Me deu até arrepios ler as histórias.
Rafael AMA carros, não pode ver um que quer entrar e ¨dirigir¨. Vou ficar atenta.

Beijos na princesa!

Luiza Navarro disse...

Ai amiga, nòs nao temos carro (ainda), mas com criança todo cuidado e pouco mesmo! Ain ate deu vontade de chorar relembrando o caso desse pai, e agora esse outro da menininha,q triste neh? mas e bom todo mundo saber desses riscos. Infelizmente coisas ruins tem q suceder pras pessoas terem consciencia de outras. E triste, e como aprender na porrada neh?
A gente saiu com rafa 2 vezes na moto, pq nao temos carro e nossos amigos moram longe. De bus e mto demorado..mas eu sempre vou orando com medo sabe...

----
Vi o video de Clarice no tapetinho, amiga, q bochechas fofas q da vontade de apertar mtoooo, e como ta faladeira! menina, ela conversa mto!

Tbm fico feliz q vc esteja blogando de novo, ficava sempre me perguntando, q serà q Clarice tava fazendo, se vc tava bem, se tinha alguem pra te ajudar, essas coisas q amigas/meio irmas se perguntam e se preocupam, rsrs.

mandei convite pro blog vip, mas vi q tu nunca foi, serà q tu nao recebeu, assim como varios convites q enviei e nao chegaram?

to aqui ô:

http://coisasdalu-mamae.blogspot.com/

Edi - Pronta Para Ser Mãe disse...

Oi Val, muito importante saber, sempre há risco e com criança devemos estar sempre muito atento á tudo que eles fazem.

Bjusss

Bruna disse...

Olá Val!
Primeira vez que visito seu blog, muito interessante colocar alguns fatos ocorridos, pois eu mesma já fui deixada várias vezes no carro por meus pais e nunca vi nada demais, até ler algumas matérias... Não deixo meus filhos nunca...
Adorei seu blog.
Bjos